Aprendendo, COMA Horta!

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Matéria do Jornal Fanzine JJA - Merenda com Produtos da Horta

4º Momento do Projeto Intervenção da Agenda 21 Escolar:

Merenda com produtos da horta

A alimentação saudável é uma grande aliada para se viver mais e melhor. Nada como uma quantidade adequada de vegetais e frutas para ajudar nosso organismo a trabalhar melhor e eliminar as toxinas contidas nos alimentos gordurosos e com conservantes. Mas atualmente os vegetais e frutas são minorias na mesa da população, o que faz aumentar o risco de contrair doenças.

Dispor de uma horta orgânica na escola é o meio mais seguro de garantir a procedência e o frescor das hortaliças e temperos para a merenda escolar, além de gerar atividades visando à conscientização dos alunos para uma alimentação saudável.

Almoço com mostarda fresca refogada: razoável aceitação por ser pouco amarga. Mostarda colhida tardiamente: pouca aceitação, por ser muito amarga!











Almoço com salada de alface: excelente aceitação!








Almoço com salada de couve chinesa: excelente aceitação, apesar de acharem que era alface! Almoço com suflês e tortas de couve-flor: excelente aceitação!







terça-feira, 13 de setembro de 2011

Matéria do Jornal Fanzine JJA - Primeiras colheitas da Horta

3º Momento do Projeto Intervenção da Agenda 21 Escolar:

Primeiras colheitas da horta

O rabanete é fonte de vitamina C e Niacina, além de conter os minerais Cálcio, Fósforo e Ferro. Devido ao seu ciclo rápido de 25 a 30 dias, a primeira colheita feita pelos alunos na horta foi de rabanetes.










O coentro é fonte de magnésio, cálcio, fósforo, ferro, fibras e ácido ascórbico. A colheita das folhas foi feita a partir do momento em que a planta passou a possuir folhas suficientes que pudessem ser colhidas, sem prejudicar o seu desenvolvimento. A colheita foi encerrada quando surgiram os primeiros órgãos que originarão as flores.









A abobrinha contém Fósforo, Cálcio, Ferro e celulose, além de pequenas quantidades de vitamina A, importante para a visão e para a pele, e vitaminas do Complexo B, que ajudam no desenvolvimento e crescimento. A colheita da abobrinha inicia-se 50 dias depois do semeio quando o fruto atinge 20 cm de comprimento.






Foram colhidas também: ervilha, acelga, quiabo, pepino, jiló, salsa, cebolinha. E nos últimos dias foi feita uma linda colheita de couve-flor!

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Matéria do Jornal Fanzine JJA - Recontrução da Horta

2º Momento do Projeto Intervenção da Agenda 21 Escolar:
Reconstrução da horta
O objetivo principal da horta escolar é ser utilizada como foco integrador das diversas fontes e recursos de aprendizagem, gerando fonte de observação e pesquisa. Sendo assim, é exigida uma reflexão diária por parte dos educadores e educandos envolvidos.

Alguns projetos foram desenvolvidos na escola tendo a horta como eixo norteador. Porém, devido ao forte calor e outros fatores, a horta da escola teve que ser totalmente reconstruída. A terra teve que ser arada novamente, por um trator gentilmente cedido pelo Biólogo e Administrador da Fazenda Sampaio, Luiz Carlos Couto. Quanto aos equipamentos e insumos para a horta, a escola conta com a parceria constante do Gestor Executivo em Meio Ambiente da Action Shop Serviços Ambientais, Arthur Prohmann.






A montagem dos canteiros da horta foi feita pelo Sr Benjamim e os alunos da turma 901 foram convidados a semear as primeiras sementes.







Os professores e demais profissionais da educação estão empenhados em trabalhar os assuntos relacionados à horta como tema transversal em suas respectivas disciplinas.

A Professora de Ciências, Josiane, após estudar com o 9º ano a tabela periódica, o ciclo do carbono, do oxigênio e do nitrogênio, levou os alunos a refletirem sobre a importância do uso de NPK (Nitrogênio, Fósforo e Potássio) para a horta e para as mudas de Pau Brasil, bem como o plantio de árvores para a produção de oxigênio, principalmente o Pau Brasil, na intenção de preservá-lo para que mais pessoas da comunidade conheçam esta espécie.







A Professora de Ciências, Lívia, trabalhou com os alunos o nome vulgar e científico das espécies vegetais da horta. O Professor de Inglês, Daniel, incentivou-os a pesquisar esses respectivos nomes em Inglês e junto ao Professor de Artes, Antônio Carlos, confeccionaram placas para serem colocadas na horta.

A Professora Eloíza realizou um trabalho de campo com a turma 2001, acompanhando o plantio, o desenvolvimento e a colheita das couves-flores. Também participou da elaboração de suflês e tortas das mesmas para um almoço, com a ajuda da Professora de Biologia Nádia e da Orientadora Naldiceia.







A horta orgânica da escola conta ainda com o carinho e a dedicação do Senhor Benjamim Juvenal de Souza, amigo da escola, que a irriga regularmente e pulveriza extrato de nicotina (de fumo de rolo) como inseticida sobre as pragas que atacam as hortaliças.







domingo, 11 de setembro de 2011

Outubro/ 10 - Jornal Fanzine do Curso Educação Ambiental e Agenda 21 Escolar

Projeto Intervenção: O CIEP 424 Mobilizando Contra as Queimadas Urbanas!


















O nome do jornal "Jornal Jovens Ambientalistas" (JJA), foi escolhido democraticamente pelos alunos da escola. A criação da arte ou composição visual contou com a participação de toda comunidade escolar e representa um bem cultural da comunidade, a Estação Ferroviária de Visconde de Itaboraí.
As letras "JJA", logo do Fanzine, foram preenchidas com fotos de acácias, vistas e citadas por Darwin em seu diário quando passou por Itaboraí e que, inclusive, são encontradas no Bairro Visconde de Itaboraí.
Inicialmente, havia sido criado um Jornal Mural da Agenda 21 Escolar. Com ele toda comunidade pôde conhecer os temas que estavam sendo abordados e discutidos na escola. As notícias do Jornal Mural alimentaram a criação do Fanzine, que foi distribuído na comunidade com a intenção de democratizar o conhecimento adquirido e mobilizar cada vez mais pessoas para as discussões abordadas.
Representar a comunidade, seus gostos, história, cultura, ambiente social e natural que a comunidade pertence, dentro da escola e na comunidade de seu entorno, para promover a prática da Educomunicação Socioambiental, foi o grande objetivo do Jornal Mural e dos Fanzines JJA de 2009 e 2010.
A capa, a contra capa e as respectivas matérias sobre a horta, são referentes ao JJA de 2010.

Hortas escolares agroecológicas - reportagem TV Brasil

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Trabalho e Pesquisa sobre a Horta da Escola

1- Objetivos de aprendizagem
* Valorizar a importancia do trabalho e cultura do homem do campo;
* Identificar técnicas de manuseio do solo e manuseio sadio dos vegetais;
* Perceber a importância do computador como ferramenta de comunicação;
* Conhecer técnicas de cultura orgânica;
*Compreender a relação entre solo, água e nutrientes;
* Identificar processos de semeadura, adubação e colheita;
* Conhecer pela degustação os diferentes alimentos cultivados bem como nomeá-los corretamente;
* Cooperar em projetos coletivos;
* Buscar informações em diferentes fontes de dados para propor avanços a desenvolvimentos e tecnicas;
* Análise e reflexão sobre prejuizos dos desperdícios alimentares;
* Compreender a importancia de uma alimentação equilibrada para a saúde;
* Provocar a discussão acerca dos hábitos de consumo e através do documento colaborativo do Google Docs e aprofundar e apronfundar a interdisciplinaridade e o uso de atividades educacionais usando como ferramenta o twitter, ambos da Web 2.0.

2- Segmento de ensino e séries:

É uma atividade que pode ser aplicada, em todos os seguimentos de ensino e séries, desde o Ensino Fundamental, Ensino Médio até o Ensino Superior ou Ensino Profissionalizante. No caso específico, será aplicada na 7ª série 8º ano.

3- Ferramenta Web 2.0 que serão utilizadas:

As ferramentas da web 2.0 utilizadas nesta atividade educacional são o Google, sítio de pesquisa direcionada no Google, Documento colaborativo como o Google Docs e o Twitter.

4- Metodologia de aplicação:

1º Momento:

Como primeira terefa, foi conversado com os alunos sobre o plantio de hortaliças e também sobre a internet, procurando saber o que sabiam sobre o assunto.
Partindo desta conversa e dos questionamentos levantados pelos alunos, foram mandados para casa alguns temas para pesquisa:
De onde vem as verduras e legumes que comemos?
Quais os cuidados que devemos ter no cultivo de verduras e legumes?
O que é internet?
Como a internet poderá nos auxiliar em nosso projeto. Criação através do tutorial do curso, uma conta no Google Docs e no twitter.

2º Momento:

A turma inicialmente será dividida em três grandes grupos que trabalhará com três tipos de roteiros de pesquisa.
Pesquisar na internet a época de plantio das hortaliças que se encontram em seus respectivos roteiros disponibilizndo no GOOgle Docs, atividade que será compartilhada por todos. Este roteiro servirá de base para as atividades a seguir.

Criação de um texto colaborativo, utilizando o Google Docs sobre a horta escolar, onde os alunos trocarão informações sobre o plantio de hortaliças e de como podem melhorar a mesma a torná-la mais sustentável.

Criação de uma conta no twitter, segiuindo o tutorial disponibilizado na página do curso para a postarem as dúvidas e acompanhar os comentários que estão sendo postados e dar um retorno aos colegad, pois isso é o que deve haver na aprendizagem colaborativa.

5- Forma de avaliação:

Os alunos serão avaliados através da criação de um texto colaborativo utilizando o Google Docs e o Twitter.

6- Cronograma:
A atividade será realizada em 3 aulas de 50 minutos cada.

7- Material de apoio:

http://www.google.com.br
http://www.google.com/cse/manage/create
http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnica.html?id=12082